quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Das práticas litúrgicas nas células

 Primeiramente todos deverão ter ido ao banheiro.
 1- Boa noite e boas vindas, quando tiver visitas.
 2-Memento mori.
3-Yoga ecumenica do riso
 4-Louvação ao deus eleito ou nada
5-Zoeira dos deuses não eleitos
6-Estudo dinâmico de direitos humanos e animais(mesmo nas casas onde não há vegetarianos). Tomada de decisões coletivas quanto a política e os movimentos socias locais (não obrigatório)
 7-Comida preferida (recomendamos veganismo, mas não é um mandamento, é segundo a obtenção de felisciência atingida). Se houver visitas é importante que tenha algo que ela goste muito , pois é importante que a visita tbm coma junto com a célula. Lembre-se, a célula é o melhor exemplo de como funciona a religião para os que ainda não são santos felizes, mundofelicistas , mundofelicianos e mundofelizes.
 8-Compartilhamento de metas pessoais que sejam públicas.
 9-Agradecimento (para os teístas santos) e gabação santa e com humildade(para os ateus santos) de metas públicas atingidas.Tanto as gabações como agradecimentos devem ser festejados por todos.
 10-Não haverá de modo algum pedidos de ofertas nas reuniões das células, se alguém quiser ajudar a religião ou a comunidade local , é live , mas o faça na Igreja(reunião das células) ou direto nas entidades filantrópicas locais.
11-Despedidas para os visitantes e boa noite e para os da casa.
 (A liturgia deve trazer um clima agradável para todos os que participaram como sinal de sucesso).
Deverrá haver, depois da zoeira dos deuses, segundo a necessidade de cada célula, por divergências ou concordâncias, um espaço de tempo sucinto , mas satisfatório, para explanações simples e pessoais a cerca do impossível ou do improvável que se queira acreditar. Sempre num clima de debate sadio e vizando uma maior compreensão sobre os assuntos , seus benefícios e posssíveis efeitos colaterais sobre assuntos, e a necessidade de tratá-los. Respeito acima de tudo. E tudo deve ser direcionado, ao máximo, aos direitos humanos, dos animais e do planeta, para a transição desta realidade para um mundofeliz.
Mundofeliz pra quem quer. Sem prática não há religião.


sexta-feira, 4 de setembro de 2015

RECOMENDAÇÃO

EM TODAS AS CÉLULAS E IGREJAS DEVEM SER CONFERIDOS AO MÁXIMO, CARGOS E LIDERANÇAS PARA AS MINORIAS DISCRIMINADAS LOCAIS. COMO FORMA DE DEBELAR OS PRECONCEITOS E EMPODERAR OS OPRIMIDOS. NÃO DEIXANDO DE LADO A COMPETÊNCIA PARA LIDERANÇA, DEVERÁ SER OBSERVADO ESTE CRITÉRIO EM TODAS AS CÉLULAS E IGREJAS. NO MUNDOFELIZ AS MINORIAS OPRIMIDAS NÃO EXISTEM, MAS PARA CHEGAR A TAL PANORAMA, É NECESSÁRIO QUE AS PESSOAS QUE HOJE COMPÕEM ESSA CATEGORIA PARTICIPEM ATIVAMENTE DA ADAPTAÇÃO AO NOVO PARADIGMA.
MUNDOFELIZ PRA QUEM QUER!!!

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Parágrafo único

A Igreja não se responsabiliza por ações relativas ao us de ícones de outras religiões pelos membros santos teístas, nem pela zoeira dos membros santos ateístas. Cada um deve exercer o bom senso na zoeira e também na adoração de entidades protegidas por leis de liberdade religiosa e sob leis de patentes e registros "autorais" dos deuses e entidades. Tentem ser sábios Á respeito.

domingo, 30 de agosto de 2015

Das práticas litúrgicas da Igreja

Antes de toda reunião, as primeiras palavras serão repetidas por todos os presentes que quiserem participar:
 Assumo a responsabilidade pelos meus erros que não são inevitáveis e não culparei a ninguém por eles, e nem a mim mesmo. Deles serei o único responsável, e não haverá culpados.
As boas vindas:
Deverá haver um momento onde todos da igreja dão boas vindas aos novos visitantes, e deve-se ser dado oportunidade aos visitantes de agradecerem, se quiserem , individualmente as boas vindas. Só serão aceitos nas reuniões quem aceitar e for grato pelas boas vindas.
O Memento Mori:
Será cantada a música do Memento Mori, e logo após haverá um momento de silênccio para que todos o pratiquem mentalmente. Se alguém quiser pode recitar formas de morte durante, o sentimento deve ser de respeito pelos que morrem, valor da morte, valor da vida. Gratidão. Se alguém chorar, deverá ser consolado.
Yoga ecumênica do riso:
Deverá ser praticado segundo padrões ecumênicos e preferencialmente por um sacerdote do riso, voluntário e reconhecido como engraçado pela comunidade, para que o riso seja além de terapêutico, também espontâneo. As práticas não devem ser embasadas em benefícios seletivos (como necessidade de fé) e devem ser inclusivas aos ateus santos, mas não obrigatória aos mesmos , nem aos teístas santos.
 Momento de louvação ao deus eleito, ou ''Deus" ou ao  Nada:
Deverá ser cantada uma música ("Irônica" ou "Verdadeira") ao deus eleito. E uma oração da mesma forma. Ou haverá um momento de silêncio ao Nada.
Zoeira dos deuses não eleitos:
Deverá haver um momento para zoeira dos deuses não eleitos, sempre em tom de "censura livre" e em forma de piadas ou charges. Os teístas santos podem zoar os deuses uns dos outros, e os ateus santos podem zoar todos os deuses, menos o eleito da casa, é claro.
Palestra curta sobre direitos humanos e animais:
Deverá haver uma palestra curta sobre direitos humanos e animais. Em linguagem de fácil acesso e com utilização de tecnologias para audio visual. A Igreja incentiva o humanismo e o veganismo, mas não o impõe além dos limites da lei. As células e Igrejas são incentivadas a participar dos processos democráticos que visem a melhoria das leis, porém isso também não é um mandamento.
Refeição Coletiva Vegana (Comida Preferida):
Deverá em todas as reuniões haver um momento onde todos se alimentem juntos, nas Igrejas, com comida vegetariana, ou frutas, ou um suco ou cafezinho, para quem estiver de dieta.
Cada Igreja deverá ter uma cantina dispondo veganices e frutas para esse fim, antes do início da reunião, para que ninguém tenha que ir à cantina , ou sair na hora . Cafezinhos devem ser distribuídos por cortesia. (a Igreja tbm considera comida para o cérebro todas as substâncias que alteram a mente, sendo todas igualmente santas, ressalvando-se que a pessoa conheça a substãncia que usa e seus efeitos benéficos e danosos , como faz com a comida que come. O uso de substâncias é protegido em nossa religião, mas o abuso é tratado como doença mental, e nunca como crime ou defeito de caráter, já que ninguém machuca a si mesmo por maldade , senão por insanidade. Nossa religião é anti-proibicionista , de qualquer forma, e recomenda que as pessoas participem das reuniões, sob o efeito de seus alimentos mentais, como forma de socializar e retirar preconceitos que repousam sobre tais substâncias. Apenas não recomendamos o uso durante as liturgias , porque o cheiro e o aspecto de algumas é desagradável para os visitantes. Use antes curta durante. Não ofenda os olhos ou narizes das pessoas durante as liturgias. )
Ofertas Voluntárias:
Não é permitido apelo religiosos nos pedidos de ofertas. As ofertas tem como finalidade apenas a manutenção dos espaços físicos e virtuais das Igrejas e células, logo não devem conter promessas de riqueza e sim de boa consciência por estar investindo em um projeto humanista e necessário para a sociedade. Ninguém deve ser constrangido a doar nada.
 As ofertas devem ser colocadas em envelopes distribuídos a todos e entregues em um gazebo, cheias ou vazias, ou deixadas no banco, caso vazias e os membros não queiram fingir que estão ajudando, segundo a sua própria vontade. Fingir que está ajudando aqui, não atrapalha, ao contrário, concede alguma privacidade aos que realmente contribuem. A contribuição pública é incentivada, mas a pessoa que por motivos religiosos quiser dar escondido, também poderá. (Deve-se avisar que algumas pessoas estarão colocando envelopes vazios e isso não é errado). Todos os donativos e gastos deverão ser contabilizados. A contabilidade deve ser aberta aos membros. Não é proibido ficar rico honestamente, mas a caridade deve crescer na mesma medida.
Metas e listas:
Deverá um haver um momento onde as pessoas pensam em metas para sua vida e propõe metas para a Igreja. Toda Igreja e Célula deverá ter uma lista com dez metas , que serão substituídas e comemoradas. Os teístas santos podem agradecer aos seus deuses pelos objetivos atingidos, os ateístas santos devem procurar não se gabar demais por terem conseguido sozinhos.
 As metas pessoais não precisam se divulgadas. Mas podem
 ser divulgadas e agradecidas, ou gabadas(com humildade) também. E devem ser festejadas por todos.
Momento de Despedida:
Deverá serem dadas despedidas felizes para rodos os presentes e oportunidades para que expressem suas impressões sobre o serviço, mesmo que não tenham gostado, devem ser educadamente despedidos, e com votos de volte sempre aos que expressarem desejo de voltar. Não será permitido constranger o visitante que não gostou. Mas recomenda-se que não o convide mais. Lembrem-se que é Mundofeliz pra quem quer. Nem todo mundo quer...

Do porquê de criar uma nova religião e Igreja.

Estamos no ano de 2015 da era cristã, mas essa data, baseada no nascimento simbólico de um ícone religioso, não é democrático. As pessoas não podem pegar outro personagem do mesmo ano e de maior importância para si e colocá-lo como ícone, mesmo que isso em nada fosse alterar o calendário e os números, que é o que realmente importa numa data.
 Da mesma maneira, observando todas as religiões reais, pois a Religião do Mundofeliz é real, notamos que em nenhuma delas você pode escolher quais atributos humanos e reais são mais importantes para você e mais úteis para o desenvolvimento da humanidade. Na maioria o deus é outorgado, e até a influência e o seu relacionamento com sua divindade são marcados por datas e presságios e pouco ligados a sua verdade, a sua vontade.
Também nos ambientes de maioria ateísta e ou religião ateia(conhecedores conhecem mais de uma), é outorgado o ateísmo, se tornando todas elas em odes ao autoritarismo e a abdicação da liberdade em troca da aceitação sócio-religiosa. Havendo ambientes que farão questão de deixá-lo desconfortável se você exprime um pensamento diametralmente oposto. O círculo, ignorado, trás a impressão ao oposto de trajetória enganosa e arriscadíssima rota de colisão. Ao invés de uma bela dança, temos então o choque, a acusação, e consequentemente , paralisação momentânea, averiguação de trajetórias , sinalizações e intenções. O dançarino é absolvido, o guerreiro condenado, mas sob culpa e não dolo. Vê-se a necessidade de introdução de dança na esgrima e de defesa na dança. Mas em religião não é assim. O dissidente é expulso, rebaixado, tornado pária ou anátema. Seja por ter superstições ou por não crê-las , todas!!!
Chego então a conclusão de que obrigar uma pessoa a abdicar de sua relação com sua própria imaginação profunda, ou do conhecimento vigente e adquirido cientificamente, e assim dos benefícios psicológicos, mesmo que placebos, ou dos reais tecnológicos, é igualmente injusto e contrário a liberdade inerente a todo homem e a toda mulher.
Crio então uma religião democrática, onde você não seja obrigado a escolher entre seus amores, nem seja ensinado a desprezar seus amados por divergências que são necessárias para crescimento humano, e assim que ninguém seja obrigado a prejudicar a quem ou ao que ame, e nem mesmo a nada.
 UMA RELIGIÃO DE CONCILIADORES ENTRE ATEÍSMO E A FÉ.
 No mundofeliz você pode ser o que quiser, desde  que isso não seja ser mundofudoco, ou "curajoso".
 Mundofeliz pra quem quer. O Mundofudido, não!!!

sábado, 29 de agosto de 2015

Dos assuntos a respeito do impossível e do improvável.

A religião do Mundofeliz entende que já existe assunro sudiciente no conhecimento secular para que,  atendo-se a isso publicamente, possibilitar horas de instrução para a construção do Mundofeliz na Terra. E por isso nas igrejas não há proselitismos ou doutrinações a respeito de assuntos que são improváveis, e até mesmo impossíveis para demonstração ou produção de  evidência científica. No entanto, a igreja não é ateísta, e sim democrática, podendo o membro ter crenças pessoais, e as igrejas terem um deus eleito, que pode ser "cômico" , "trágico", ou "tragicômica".
"Cômico": o deus é fictício e parodia a crença. A Igreja é "Infiel" e "Irônica".( todos os itens representam a maioria de uma eleição, e não um pensamento totalitário )
"Trágico"- o deus é considerado real. A Igreja ´w "Fiel" e "Verdadeira".
"Tragicômica"- o deus escolhido é tido como real por uma grande parte e fictício também por uma parte significativa. (o deus eleito tem que vencer no primeiro turno pra igreja ser considerada inteiramente trágica ou cômica) Se 100% for pra um lado apenas, a Igreja sofre uma auditoria. O pensamento absolutista ideal é tabu, pois sempre impede a democracia  real e a liberdade fundamental do ser humano.
As Igrejas de maioria ateísta santa também podem eleger nada como deus, tais Igrejas Infiéis ostentam a palavra Nada, no idioma local.
 O deus eleito não pode ser zoado na jurisdição que o elege pelos infiéis santos ateus, todos os não eleitos podem ser zoados, e não ligam , pois serve como propaganda para a próxima eleição. O deus eleito tem uma oração e um hino por reunião. Os não eleitos ganham a zoeira.
 Onde Nada for o deus eleito, a zoeira é livre, pois nada não pode ser zoado, nem é louvado ou receberá orações, já que orações e cânticos não podem ir para o nada, indo sempre ir parar nos ouvidos de alguém. Assim, onde Nada é deus, ao invés  de louvor, haverá um momento de silêncio. E zoeira cobrindo todo tempo restante até a próxima parte da liturgia. Até a própria eleição.
 A existência de deuses elegíveis também é razão suficiente para a recomendação de que nas células onde existir nas liturgias das células, preleções sobre os deuses de célula eleitos, e também debates sobre as coisas improváveis e impossíveis para a ciência, com mente aberta e respeito pelo deus eleito, e liberdade e  zoeira para os deuses não eleitos.
É sempre permitido falar sobre outros deuses, mas eles poderão ser zoados.
E os ateus santos devem dar este espaço aos santos teístas em suas células infiéis, mesmo nas onde nada for eleito.
Ninguém será censurado em sua apologia ou zoeira sobre as coisas impossíveis ou improváveis. As pessoas tem direito aos seus pensamentos e imaginações e a sua expressão. Seja em coisas lógicas mas incompreensíveis a maioria , ou loucuras plenas mas inofensivas, em forma de fé ou paranóia , reconhecida ou não. Mas nenhum dano atravéz delas será tolerado no Mundofeliz. E os portadores de más crenças , ou más idéias podem ser considerados Mundofudido e sofrer boicote. O Mundofudido é a contra-utopia possível que tenta impedir a implementação do Mundofeliz na Terra, e que está espalhado entre os seres humanos mundofudocos que só querem fuder o mundo, as pessoas e os animais. (O Mundofudido também tem considerções impossíveis e improváveis que podem ser tratadas e zoadas nas célullas como mal, e ou teoria de conspiração).
Essas recomendações são internacionais para a boa convivência com liberdade do Mundofeliz na Terra, para que não hajam guerras ideológicas ou religiosas nas células, Igrejas , e suas jurisdições.

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Para ter um célula em sua casa.

Basta fazer a eleição do deus (ou nada) , confeccionar seu símbolo e colocá-lo à vista. E comunicar ao Papacino Astronauta, ou ao líder\sacerdote local. Não há taxa.
Deve haver , recomendamos, uma reunião semanal de culto e ensino, e em todas as reuniões , seguir a liturgia da Igreja.
p.S.. deve-se destinar as ofertas:
1- para as reuniões da célula, (para comprar comida preferida e gastos, o restante recomenda-se que vá para caridade)
2-para a Igreja, para pagamento de contas, o resto recomenda-se que vá para caridade.
3- para caridade (seja animais humanos ou não. se vc não faz caridade , ou é carente , ou ainda não entendeu sua responsabilidade para com os carentes nesse sistema fechado...)

Das práticas da Igreja.

Toda a reunião da Igreja deverá ter.
Boas vindas.
Memento Mori.
Yoga ecumênica do riso.
Momento de louvação ao deus eleito, ou ao Nada.
Zoeira dos deuses não eleitos.
Momento de preleção sobre direitos humanos e animais.
Refeição coletiva vegetariana. (Comida preferida)
Metas e Listas.
Ofertas voluntárias.
Despedidas com votos de felicidade e desejos de volte sempre.
 As reuniões em células teístas santas terão uma preleção sobre o deus eleito da célula, e o motivo da sua eleição, logo após as preleções de direitos seculares, como ato de liberdade religiosa. Em sua jurisdição, seja lá o que a célula ou igreja eleger como deus não poderá ser zuado em sua jurisdição. Todos os deuses não eleitos poderão ser zoados ,seja em piadas ou arte, em todas as reuniões, também como ato de liberdade religiosa dos ateus santos da igreja. Se nada for escolhido como deus, a zoeira é livre em toda a jurisdição.
As refeições de comida preferida são livres nas células , mas nas Igrejas serão sempre vegetarianas.
 Mundofeliz pra quem quer.

Estatuto da Igreja do Mundofeliz do Astronauta Ben Caetano.

Alguns acreditam que o Astronauta é deus, mas ele diz que não é , e que se fosse também diria que não é, para que cada um pudesse escolher seu deus, ou nada. (ele mesmo é ateu)
Na Igreja do Mundofeliz, você escolhe ser membro fiel ou membro infiel. Podendo acreditar na divindade  profética do Papacino Astronauta ou não. Ele mesmo diz que todos os fiéis são loucos e que os infiéis tem razão, que ele é só um cara engraçado, mas que os membros podem acreditar no que quiserem, desde de que isso não impeça o outro de ter o mesmo direito, e que não zoem o deus eleito, para não "quebrar a corrente." O deus eleito até agora não é o Papacino, e por ele, nunca será.
 Você também pode escolher uma divindade diferente para sua célula e crescer com seu próprio deus inzoável, desde sua casa até áreas maiores, aumentando a jurisdição do inzoamento através de eleições justas, onde a maioria decida escolher seu deus como deus eleito local. Não há condenação para quem zoa um deus eleito, não existe crime de blasfêmia, mas deverá se entender se não for mais convidada a estar presente uma pessoa que zoe a quem seja considerado ícone máximo de uma casa. Onde nada for escolhido pela maioria, o símbolo será a palavra "Nada" no idioma local, a congregação será infiél, se tornando uma das preferidas do Papacino (o Papacino prefere os infiéis como ele, mas aceita os fiéis e inclusive assina os milagres atribuídos por fiéis que creêm neles, mas diz que isso é para não ferir o direito deles de acreditar em uma loucura dessas... ele prefere congregações e células infiéis, pois diz que é mais fácil de entender o sentido desses lugares).
 Onde nada for escolhido pela maioria, apenas Nada é inzoável, e salve-se quem puder pois a zoeira é livre.






























































































Continua. Mande sua sugestão como membro para o estatuto da Igreja. O Papacino Astronauta agradece.